Centro Dia Idosos – Arte de viver!

Centro Dia Idosos – Arte de viver!

Acolhida Idosos!

O envelhecimento populacional é um processo progressivo na capital de São Paulo e, segundo projeções, o número de idosos passará de 6 para 12 pessoas em 2030, chegando a 21 idosos para cada 10 jovens em 2050. (fundação Seade)
Em 2020, quando o município de São Paulo completou 466 anos, sua população atingiu o patamar de 12,18 milhões de habitantes. As projeções apontam que, em 2050 o contingente da capital será de 12,205 milhões de pessoas, a atual tendência é diminuir o ritmo de crescimento populacional por fecundidade, aumentando os índices de longevidade.

Em relação a distribuição dos distritos segundo o índice de envelhecimento entre 2010 e 2030, haverá um rápido processo de envelhecimento para a população residente nas diversas áreas da capital, que afetará de forma direta principalmente as regiões mais afastadas.
O envelhecimento vem acompanhado de alterações fisiológicas, podendo sofrer consequências patológicas que impactam na demanda de atendimento e acompanhamento ao idoso.

No que diz respeito ao atendimento da pessoa idosa, as ações existentes não contemplam plenamente o grupo específico. Esse quadro agrava-se ainda mais pela situação socioeconômica da comunidade local, que vive em situação de alta vulnerabilidade social. A maioria desses grupos familiares reside em condições precárias e sobrevivem com uma renda per capita inferior a meio salário-mínimo.

Neste Sentido o Centro dia para idosos, se faz necessário para continuar atendendo a demanda existente da região do Campo Limpo, Capão Redondo e Vila Andrade; será um espaço para atender idosos que possuem limitações para realização das atividades da vida diária (AVD) que convivem com suas famílias porém não dispõem de atendimento em tempo integral no domicilio com graus de dependências que não tenham condições de permanecer sozinhas nos domicílios. Também serão atendidos seus cuidadores e familiares.
O Centro Dia para Idosos no território tem como objetivo promover o exercício da cidadania da pessoa idosa, ampliando a consciência sobre os seus direitos e deveres, propiciando um ambiente de convivência através de socialização e com respeito às diferenças e a subjetividade de cada usuário, família e cuidador:

A garantia dos direitos da pessoa idosa quanto ao lazer, bem estar físico e mental; Promoção do envelhecimento saúde por meio da prática de atividades físicas; A integração social a partir do convívio com outros idosos; A possibilidade conhecer novos lugares, Desenvolver a autonomia, Fortalecer os vínculos sociais e familiares e Prevenir situações de vulnerabilidade social.

 

Responsável: Regiane Vial

Contato e Localização

Telefones: +55 (11)  5199-6676

Celular: +55 (11) 93249-1514
E-mail: regiane@aeb-brasil.org.br
Endereço: Estrada de Itapecerica, 7453 – Capão Redondo/ São Paulo – SP

Para fazer visitas e/ou entregar doações, favor agendar no telefone (11) 9 4193-4648